Seg. à Sex. 07:00 às 17:00

Dia Mundial de Prevenção de Quedas em Iodos

 

Publicado em: 24/06/2022 11:45 | Fonte/Agência: Assessoria de Comunicação

Whatsapp

 

Hoje, dia 24 de junho, é o Dia Mundial de Prevenção de Quedas em Iodos. Esta data foi instituída para conscientizar sobre os riscos e a importância de medidas preventivas para assegurar a qualidade de vida e promover a autonomia da população, sobretudo, idosa.

Estima-se que, cerca de 30% das pessoas com mais de 65 anos de idade caem pelo menos uma vez por ano, e depois dos 80 anos de idade podem chegar ao percentual de 50%. O risco de quedas é um grave problema de saúde pública, ocorrendo em todas as idades, porém, mais frequentemente em idosos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) registra um milhão de fraturas de fêmur de idosos no mundo, sendo 600 mil somente no Brasil. Dessas, 90% são causadas por quedas.

Por que é importante a prevenção de quedas em idosos?

A queda para uma pessoa idosa pode ocasionar quadros graves, como perda da funcionalidade, necessidade do uso de órteses, como bengala ou andador e, em casos extremos, deixar o paciente acamado e levar a quadros de tromboembolismo venoso, lesões por pressão (as chamadas "escaras"), infecções e até a morte.

Prevenção:

Evitem tapetes que fiquem soltos no chão; escolha sofás, cadeiras e poltronas onde o idoso possa apoiar-se e ter firmeza; preste atenção aos fios dos aparelhos eletrônicos, para que nada fique solto no chão.

Cuidados:

Manter os cômodos bem iluminado; garantir que o piso esteja sempre seco e sem tapetes; ajustar a altura da cama e do vaso sanitário; instalar barras de apoio de apoio em locais estratégicos; andar apenas usando meias ou usar chinelos, sapatos mal ajustados; escadas com degraus de tamanho diferentes.

Consequências:

As lesões mais preocupantes são as fraturas de fêmur e quadril; traumas psicológico e emocional mais relatados após acidentes é o medo de cair novamente e sair sozinho.

A Prefeitura Municipal de Mariluz, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI) e a Pastoral da Pessoa Idosa (PPI), orientam os familiares de pessoas idosas para que fiquem atentos e eliminem qualquer obstáculo dentro de casa que possa ser prejudicial ou até mesmo fatal.